O absurdo

15:49:00


Dirigindo por uma estrada de terra em direção a um sítio para uma “pelada” de final de semana avistei um bezerro carregando uma vaca nas costas.

Parei de imediato e com o pequeno animal fui conversar.

Eliel – Que passas pequeno bezerro?

Bezerro – Primeiro que eu não sou bezerro, sou um lorde. Depois que a única coisa que passa aqui é estes monstros de aço que jogam poeira em minha nobre face.

Eliel - ? (cara de espanto)

Bezerro – Você deveria se prostrar na minha presença, seu súdito imundo.

Eliel – Você é o animal mais maluco que já encontrei. Se você for um lorde eu sou um E.T. Agora para eu me ajoelhar na sua frente só se a minha barriga começar a doer de tanto rir da sua cara engraçada.

O bezerro imediatamente avançou sobre mim e queria briga. Mas nisso a vaca que estava no chão deu um mugido e ele olhou para ela e disse:

Bezerro – Papai, você acordou? Graças a Deus!

Eliel – Papai? O seu pai é um boi, não uma vaca seu bezerro maluco.

Bezerro – Buáááááá

Eliel - ?

Vaca – Quem é você forasteiro?

Eliel – prazer, meu nome é Eliel, e a graça da senhora, qual é?

Vaca – Senhora não, um rei merece o tratamento a altura, sou realeza e me chamo Kinkas 4, o Desmaiado.

Eliel – hahahaha..(enxugando lágrimas dos olhos)...por que desmaiado?

Vaca – Eu tenho um sério problema que sem mais nem menos eu desmaio, daí o nome. Quando isso acontece, o Kinkas 5, o carregador, que é meu filho me carrega.

Eliel – Hum...

Bezerro – Papai, vamos mandar matar esse homem, ele me desrespeitou.

Vaca – Sim, meu filho este homem merece a morte.

Eliel – Vocês são muito nervosos...como farão para me matar? Chamarão seus exércitos bovinos...hahahaha

Neste instante uma grande explosão acontece e a poeira se levanta da estrada, tanto eu quanto o meu carro são cobertos por uma densa nuvem de pó. Quando as minhas vistas se acostumam com a “agressão” consigo avistar outra vez a vaca desmaiada e o bezerro a carregá-la.

Eles somem no meio do ar, o portal se fecha. Coço a cabeça e decido não contar essa história para ninguém com medo de acharem que posso estar ficando meio biruta.

Em seguida continuo a "caminhada" e vou para o jogo de futebol dominical...mas não consigo esquecer daquela dupla estranha, que no mínimo me perturbaram o resto do final de semana.

VOCÊ PODE GOSTAR TAMBÉM

0 comentários

Obrigado. Fica com Deus.

Entre em contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Seguidores

Acreditar

Acreditar