Como a vida é boa

17:19:00



Talvez ele ficaria menos feliz, caso perdesse a oportunidade,

Ele seria menos se não observasse o que vai ao longe,

Ele gostaria de sentir mais o que não lhe é audível,

Poderia até se enroscar em detalhes, mas ele o saberia,

Tantas vezes o caminho bifurcou e ele em todas optou,

Foi por onde devia, pois a outra opção se fechou,

Do menino, ao homem que vai ao idoso,

No material se depreende o imaterial,

Da perda vem o ganho e o pranto é apenas sorriso desatento,

No final, as palmas e as devidas considerações,

Por uma vida dignamente existencial e profícua,

Felicidade que inunda e certeza que lhe sussurra,

Como a vida é boa...

VOCÊ PODE GOSTAR TAMBÉM

0 comentários

Obrigado. Fica com Deus.

Entre em contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Seguidores

Acreditar

Acreditar