UTOPIA

08:46:00


Ah! Bela Sociedade que nos engessa! Frases prontas! Respostas em doses e produzidas em linhas de produção, como se fosse possível padronizar as dores, rotulá-las por categorias, dor “de amor”, “de fé”, “de dinheiro” disto e daquilo outro.

Quanta gente não entrou pelas portas do fundo e saí toda produzida pela porta da frente da mídia. São vistas como exemplos de sucesso, mas de perto são esqueletos, cadáveres adiados em decomposição galopante, que graças a uma magia ainda guardam um sorriso congelado e um discurso há muito decorado e na ponta da língua. Elas fedem a enxofre!

A arte de falar bem, retórica, os olhos que seduzem, os gestos que acompanhamos sem querer, o abraço que aconchega, o beijo que casa, a mão que alisa e o pé que repele. Enganados, ficamos domesticados, por políticos, pastores e maridos/esposas que nos sugam além da mente, toda energia que acumulamos desde a infância.

O dedo em riste do tirano nos subjuga e somos o seu maior cúmplice, uma vez que não temos forças para irromper na casa da prudência e partir para vôos maiores.

Infelizmente repetimos frases sem conhecer os conteúdos, somos passivos. Jogamos o jogo da sociedade. Caminhamos por lugares que nos levaram ao inescrupuloso desfiladeiro da morte.

Temos rotina, a inexorável rotina, que não agrega, mas tão somente nos conduz a lugar nenhum. Mas eu tenho a solução. Vejamos!

Vamos começar abolindo o padrão do bonito e do feio. Tudo é o que é! Esqueçam as regras, elas não valem mais. Esqueçam a violência, somente a paz deve reinar! Ninguém deve ser excluído. Vamos vender para o estrangeiro as riquezas do Brasil e dividir para os pobres. O petróleo do pré-sal deverá garantir moradia e lazer para todos os brasileiros.

Toda família deve sem orientada a aprender música, dançar e tocar instrumentos. Vamos ter festas o ano inteiro. Vamos dormir muito. Toda família dever plantar "comida". O escambo deverá ser estimulado.

Os cachorros, cavalos, vacas e congêneres deverão ser respeitados e bem tratados, ainda que futuramente parem em nossas panelas. Esqueçam as granjas. Isso é judiação.

O desperdício de alimento deverá acabar. Sobrou? Vamos sair em disparada pelas ruas até achar alguém faminto. Acabará toda ordem de crimes. A natureza humana será boa. Todos seremos amigos.

Este poderá ser o começo...que tal?


VOCÊ PODE GOSTAR TAMBÉM

1 comentários

Obrigado. Fica com Deus.

Entre em contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Seguidores

Acreditar

Acreditar