Palavras desconexas 5

23:53:00


Leia. Releia. Critique. Sorria em frente ao computador. Pragueje. Seja sóbrio e aceite que tudo é hilário exatamente porque não tem graça. O que tira o mérito da contradição não é a glória do acerto, mas justamente a capacidade de não enxergarmos o lado bom de todo desencontro.

Nos maiores absurdo há uma lógica. Das maiores impropriedades é que saem os maiores gênios. Talvez tudo seja exatamente como o universo, que se apresenta lógico, sóbrio, enorme, misterioso, indecifrável, instigante e totalmente solto de qualquer eixo.

Os lugares mais altos possuem a falsa sensação de liberdade e de integração com o todo, mas não se esqueça que a porta talvez esteja mais embaixo. Acostume os seus olhos, pois a escuridão tem o mesmo efeito da luz intensa. Tudo é uma questão de sorrir e acenar. Tudo é bom, excelente e com um porquê, se não entendemos agora é que estamos em falta com o exame de consciência.

A capacidade de articulação da parte em relação ao todo é que traz graça ao conjunto da obra. A obra somente é bela pelos detalhes. E os detalhes só são valorizados pela capacidade de materialização do que antes só estava na mente.

A validade de tudo é para sempre se entendermos que tudo que é fugaz demorou muito tempo para ser por um tempo. A medida do tempo é o maior equívoco. Caso um dia o homem olhe para a sua pobre condição de habitante de um lugar, em que está por um planejamento meticulosamente feito, desenhado e autorizado, sentiria uma indagação que o levaria a dar gargalhadas histéricas.

Quando tudo fizer sentido é que realmente achaste a saída do primeiro bloco e retornaste as zonas anteriores deste grande castelo chamado descanso metal. Qualquer problema ganharia e perderia se fosse contada a verdade para os envolvidos.

Ouso a dizer que a vida é um jogo, onde todo homem é café-com leite, ele está à margem, mas brinca como se fosse o principal personagem da atividade lúdica. Quanta pretensão!

Descanse pois logo voltaremos aos abrigos seguros dos colos de nossas mães. Tal como crianças cansadas adormeceremos com a boca aberta sorrindo para o imaginário, pois sonhos de grandeza, de aventura virão povoar nos cérebros sub-desenvolvidos

Quanta graça haverá no momento em que dizermos com os braço largados, com os ombros caídos e com a cabeça balançando negativamente: então era assim?

O paraíso está logo ali, mas não conte para ninguém, pois poderá estragar o esconderijo de alguém, que esteja encolhido reprimindo risos e torcendo para ludibriar quem o está procurando.

As mentes fechadas, seguem os olhos, o corpo está adormecido, mas o rebuliço que por ai se aproxima talvez desperte o mais encantado dos encantados.

É hora de se levantar, uma música suave toca e indica que você acaba de ser chamado para voltar a arena, a brincadeira continuará e sem você ela não terá graça. Portanto, por favor se apresse. Já estão te chamando. Ouça! Parece que haverá outra vez comidas, corridas e procura por tesouros. Que delícia....

VOCÊ PODE GOSTAR TAMBÉM

1 comentários

Obrigado. Fica com Deus.

Entre em contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Seguidores

Acreditar

Acreditar