Esperança

19:13:00

Vontade viver. Alegria de existir. Gratidão pela própria vida e daqueles que se ama. Reconhecer a pequenez ante ao desconhecido, que muitos chamam de destino. Voz calma e um sussurro por opção.

Escolha sem muito juízo. Prazer aguçado. Amor sem interrupção. Convicção de idéias. Fuga do simples sem desejar a sofisticação. Autenticidade. Capacidade de enxergar. Força para caminhar. Consciência que analisa a inconsciência. Toque inocente. Desejo ardente.

Caminho que se desconhece. Rumo certo. Sorriso torto. Anseio pelos céus. O acerto no desconcerto. Harmonia errante de uma parábola não imaginada. De toda história surge um recomeço. Do final sobem mais do que letras, explodem expectativas.

No sol mais do que calor. Na flor mais do que beleza. Cura de muitos males. Fé. Anseio pela floresta. Vontade do caminho. Ausência de conflitos. Expressão de felicidade. Jeito que se faz meio. Pouco esforço, muita recompensa. Embalagem do amor.

Sonho que se realiza. Vento que assopra e nada leva. Nuvem que se forma e nada esconde. Rosto que se reconhece. Precisão cortante. Ideia sem pensamento. Afinidade sem promessas. Gostar sem pesar. Encontro em qualquer lugar. Beijo que se deseja. Abraço simples ou apertado.


Silêncio para escutar o universo. Olhos que tudo enxergam. Mensagem que se sente. Poema pequeno. Prosa. Discurso livre. Aperto de mão. Pai e mãe. Tudo em perfeita paz. Ligação que produz telepatia. Mar da eternidade. Luta sem perdedor. Diga o que quiser, mas no epílogo sempre haverá um sim.


Na casa uma aventura terna. Na rua um andar despreocupado. Um momento. Invisibilidade para si mesmo. Calma e serenidade frente a qualquer lance. Arremate pela sagacidade. Companhia que se aplaude. Amigos aos montes. Esposa, antes namorada e amante. Sempre certo. Ausência de dogmas. Fogueira de paradigmas.


Diálogo com boca risonha. Inveja arrefecida. Sedução. Expectativa que não se verifica, mas que se compreende. Carícias no ego. Afago no corpo. Recuperações. Encontros depois de desencontros. Amar e esperar.


Nome de música ou de poema. Sentir e agradecer. Coerência do raciocínio. Aparecer e enxergar o verdadeiro espírito. Toque suave. Escrita ruidosa. Imortalidade do achado. Perpetuação da história. Protagonista.


Esperança, o nome, a sina, o devaneio, o chão, a linha, a viagem, a promessa, o porto, o navio, o avião, a bicicleta, os pés, os braços, os lábios, o sexo, a curva, o pensamento, a chegada, a melodia, o arranjo, a lua de mel, o olhar, o sonho, a segurança, o juízo, a loucura, o princípio e o fim. Simples e sofisticada, apenas Esperança.

VOCÊ PODE GOSTAR TAMBÉM

1 comentários

Obrigado. Fica com Deus.

Entre em contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Seguidores

Acreditar

Acreditar