E se fosse assim?

14:30:00



No amor não há tempo, somente desejo,
Vive-se no amor apenas o desejo de nunca terminar,
O que se começa sem saber, que muito se queria,
Mas o que se foi e um dia voltaria,
Para o lugar de onde nunca deveria ter saído,
A cumplicidade: a metade dos versos de um poema,
Que nunca precisou dizer o já sabido, não haveria fim,
Apenas um recomeço a cada novo verso,
Uma interpretação diferente a cada leitura,
Uma descoberta, a cada sorriso despertado.

VOCÊ PODE GOSTAR TAMBÉM

0 comentários

Obrigado. Fica com Deus.

Entre em contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Seguidores

Acreditar

Acreditar