As crianças do Facebook

14:54:00


Temos orgulho de termos sido inocentes infantes,
A prova está nas fotos amareladas e desfocadas,
Hoje escaneadas são compartilhadas, curtidas,
Elas pularam dos baús, em razão do dia 12 de outubro,

O facebook foi invadido pelo saudoso passado,
As lembranças, comprovadamente são reconstruídas,
Por isso, elas vêm iluminadas e douradas,
A vida foi muito boa, mas hoje também é.

A inocência do passado sorri ou olha timidamente,
O cheiro do ontem não está presente,
Mas, as roupas trazem os sonhos adormecidos,
Resgatamos em nossas memórias a melhor parte da infância.




Mostramos o que queremos.
Na foto, há algo que gostamos,
Há nostalgia e alegria,
Existe uma energia contida.

Pasmem! As crianças que fomos ainda existem,
Fomos adestrados pela moral, mas não deixamos de querer,
Adotamos costumes e uma ética, mas ainda temos nossas travessuras,
O mundo não mudou, nem nossa liberdade da época de criança.

Porém, hoje julgamos e somos julgados com menos ternura,
Os bons sentimentos terminam mais rápidos,
E os maus pensamentos invadem com mais força,
Perdemos a candura de um “tudo bem” e do contentamento simples,

A complexidade veio naturalmente dos sonhos não realizados,
Dos caminhos abandonados e das certezas esquecidas,
A roupa se adaptou ao corpo e os porquês foram deixados para depois,
As brincadeiras e os brinquedos foram encaixotados. Viramos gente grande.

As crianças do Facebook revelam o quanto somos acessíveis e carinhosos,
Basta que vejamos uma foto de criança para que um sorriso surja em nossos lábios,
A vida não tem como dar errado. Vai dar certo sempre. Basta sorrir.
No dia das crianças, feche os olhos por um segundo, tudo será como sempre foi...

VOCÊ PODE GOSTAR TAMBÉM

0 comentários

Obrigado. Fica com Deus.

Entre em contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Seguidores

Acreditar

Acreditar