A dor da frustração

16:10:00


É de quem sente e também de quem a produziu. Mas, elas não se equivalem, pois quem a sente como vítima se supera mais rápido, pois foi injustiçada e logo se levanta, deixando no chão quem a produziu, uma vez que o tempo é a justiça da convivência entre os homens e mede as almas como elas merecem. Nada é imutável, mas a nossa ignorância não nos permite enxergar muito longe. Somos limitados. 

Ledo engano achar que alguém tem o direito de apontar o dedo para o outro e perguntar o “porquê”. Os agressores de hoje serão as vítimas de amanhã e vice-versa. Na terra não há ninguém com propriedade para estufar o peito e realizar um julgamento imparcial. Os pecados, os equívocos e as traições podem até não serem as mesmas, mas deslizes todos têm e se formos justos com o nosso próprio eu, olharemos para o espelho e confessaremos nossos enganos. É só pela graça de Deus que somos o que somos e apenas por ela que podemos melhorar.

O choro sufocado que sai dos corações contristados podem até convencer, mas não fará tudo se restabelecer imediatamente. É preciso iniciar o processo de cura e nele perseverar, sem que o machucado seja agravado. A culpa deve ser imediatamente abandonada, pois é um fardo sem utilidade, uma caixa de ferramentas vazia, um desperdício de energia e uma falta de inteligência. Jesus Cristo quando perdoou os pecados de Maria Madalena disse: “Vai e não peques mais” e não disse Deus: “lembrai-vos eternamente dos seus erros”.

A vida é uma benção e tudo que nos é caro deve ser mantido sob a vista e cuidado com imenso desvelo e intensidade que se detidamente observado causaria inveja a melhor das mamães. No mundo há muitas opções de felicidade, basta procurar com o coração aberto e as possibilidades desfilarão ansiosas para serem escolhidas.

Acredito que para a dor da frustração não tem remédio eficiente, na mesma medida para todos os que dela sofrem, pois uns se queixam no amor, outros da sorte, do irmão, dos amigos ou de outra coisa qualquer. No entanto, há um procedimento para atenuá-la. Comece se amando mais, tenha cuidado com você e seja o protagonista da tua felicidade. Nunca abandone o outro, nem tenha para com que ele atos de arrogância, reserve a ele o seu bom senso e a sua generosidade.

Diminua as tuas expectativas em relação a todos por mais que eles reluzam, pois a frustração será maior à medida que se confiar abnegadamente no homem ou na mulher, a ponto de fazerem dele a sua referência. Somos responsáveis pela nossa felicidade. Para os outros podemos proporcionar instantes de felicidade, mas não podemos gerar a própria felicidade. É preciso amar as pessoas, mas não colocá-las como a salvação da tua vida. As lágrimas serão evitadas se agir desta maneira e a sua ternura pelo próximo não diminuirá.

É preciso compreender o mecanismo da vida, baseando-se nos próprios aprendizados, nas experiências vividas e nas emoções sentidas. O mundo que Deus fez era perfeito, mas ai veio os pensamentos dos homens e foram criadas as realidades que saíram do controle, do ideal e do desejável. Salomão disse no livro de Provérbio, capítulo 23, verso 7, primeira parte: “porque, como imaginou no seu coração, assim é ele”. Tudo o que você imaginou aconteceu. A sua vida é responsabilidade sua.

Os bons pensamentos produzem um mundo melhor e para fazer deles um hábito constante necessitamos da prática, que se inicia pela gratidão por todas as coisas boas que tivemos e que temos nos nossos dias. Vai dar tudo certo, basta acreditarmos e seguir a nossa intuição.


Enfim, sorria, pois o seu sorriso é um presente para o seu irmão, além de tornar a convivência mais agradável e o mundo mais afável. Boa sorte, que Deus te abençoe e que aonde a mão humana não chegar, que você recorra ao Criador, que por ser conhecedor de todas as incertezas da sua alma saberá do que você precisa e lhe concederá. Vai dar tudo certo...   

VOCÊ PODE GOSTAR TAMBÉM

0 comentários

Obrigado. Fica com Deus.

Entre em contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Seguidores

Acreditar

Acreditar