Felicidade rima com simplicidade

22:55:00


A felicidade é um estado de espírito contagiante, que não encontra acolhimento no seio daqueles que não possuem paz. Pessoas com os espíritos atormentados pela desconfiança de um possível engano.

As pessoas abrigam dentro delas uma alma, uma energia, uma vitalidade ou um espectro que é imortal e velho, muito velho. Tudo o que é exteriorizado de bom ou de ruim é a face interna que arrosta o mundo e os seus irmãos.

Desta maneira é totalmente compreensível o atordoamento, as doenças e as atitudes extremadas de seres que inadvertidamente se esquecem de fazer uma prece. Muitos dizem que a religião, a bíblia, o alcorão, os mantras e outros livros considerados sagrados são para as mentes pobres e incultas. Ledo engano.

É evidente que a dispersão de pensamentos e atitudes nos torna insalubre para outros seres. Somos um projeto. Somos leves, insignificantes, impuros e podres. Roupas a serem usadas, imperfeitas e com prazo de validade curto.

A terra espera com ansiedade por nossos restos mortais. Quantas vezes nós olhamos um cadáver e dizemos: “nem parece ele”. No velório não há como olhar nos olhos do “de cujus", pois eles estão devidamente fechados. Não há brilho! Não reconhecemos mais aquele irmão que foi descartado por seu espírito. O ânimo se esmaeceu!

Infelizmente deixamos transcorrer o tempo para pedirmos desculpas. Somos mal interpretados! Somos vítimas! Nunca nos vimos como algozes. O nosso esforço é maior! A nossa dor é imensurável. Somos desprezados e as pessoas são ingratas.

Ora, vamos parar com isso! Sejamos forte. Sejamos melhores. Sejamos pacíficos e amorosos. Vamos acreditar que as pessoas só podem dar para gente aquilo que elas tem para oferecer. Aquilo que elas carregam dentro do coração. Bem melhor se for amor, paz, bondade e altruísmo, mas se for maldade, descaso, desprezo ou palavras rudes saibamos compreender e entender que nós temos a opção de aceitar ou não o que nos é oferecido. Nem por isso devemos pagar na mesma moeda.

Vamos preferir os bons fluídos, a paz de espírito e o amor. Eu conheci um tio-avô no ano passado que morava em uma residência paupérrima, nem banheiro possuía, não tinha rede de esgoto ou chuveiro para tomar banho. Era “caseiro” de um sítio. Ganhava cinco reais por dia trabalhado. Tudo isso já era para ser um desconsolo, mas o agravante é que ele já tinha oitenta e seis anos e ainda trabalhava como um burro de carga. Confesso que eu, meu irmão e a minha cunhada fomos muito bem tratados e que a alegria daquele senhor nos encheu o peito de satisfação.

No caminho de volta conversando falávamos como uma pessoa tão desprovida de bens materiais, de conforto podia ser tão grata a Deus e ainda extremamente feliz? Que lição foi nos ministrada naquele dia, tendo por professor um homem analfabeto, mas muito mais espiritual que nós.

A ampulheta foi virada no nosso nascimento. Olhe para sua, quanta areia ainda falta cair? Como diria Moacyr Franco naquela música Pedágio, "só vivemos mesmo nove meses, porque o resto da vida a gente morre".

Vamos então pensarmos nos nossos irmãos desfavorecidos. Não vamos adiar alegrias. Vamos entender que todo dinheiro do mundo é pouco, que é preferível sermos agradáveis a sermos "ácidos" com aqueles que caminham junto conosco. Da próxima vez que você vir seu amigo pergunte como ele está, mas espere pela resposta.

Olhe para trás, quanto você melhorou com o passar dos anos? Para onde você está indo? Prefira ser amigo, sem querer dos outros serviçalismo. Ninguém precisa de nós! Mas como é bom quando a nossa presença é querida, estimada e desejada.

Ah! Por favor, estenda logo a sua mão, pois os braços de muitos já estão com câimbra e suas mãos começam lentamente a se abaixarem. Talvez quando você decidir-se pelo aperto não haja mais ninguém a sua espera e neste momento você vai se lembrar do velho poema e baixinho vai recitar para você mesmo na frente do espelho: "A festa acabou, a luz apagou, o povo sumiu, a noite esfriou, e agora, José ? e agora, você ?

VOCÊ PODE GOSTAR TAMBÉM

5 comentários

  1. O seu texto infelizmente retrata o que se passa em muitas familias e pelo tipo de trabalho que realizamos temos uma noção de como é o final!!! Mas quando as pessoas deixam de lado o que a vida lhe deu ou tomou e se rende aos laços afetivos temos um resultado maravilhoso. A festa do vô retratou isso. Todos estavam num mesmo patamar e ali nada de bem materiais importava somente a satisfação de fazer parte da festa.
    Alessandro Miranda

    ResponderExcluir
  2. Alessandra30/11/09 15:44

    Vamos acreditar que as pessoas só podem dar para gente aquilo que elas tem para oferecer...in (Eliel Miranda, blogspot).

    Eliel muito bonitas suas palavras, mas acho que essa sua frase é o ponto central da reflexão de hoje, porque a maior dificuldade do ser humano é aceitar as pessoas como elas realmente são sem cobrar que sejam iguais umas as outras, porque as pessoas são diferentes. E, quando aprendermos a aceitar as diferenças, estaremos de fato dando espaço para que se cumpra o livre arbítrio da cada um, dar as pessoas liberdades para serem felizes da maneira que são e não da maneira como nossas vãs ideologias e filosofias gostariam que fossem.
    É moda dizer que a culpa de tudo é sempre do outro, o difícil é entendermos que também estamos inseridos no contexto de ser outro. Mais uma vez parabéns pelo texto e principalmente pela festa, estava linda e emocionante e as pessoas bem à vontade como toda festa deve ser, afinal o nome diz: É FESTA, rs
    Abço
    Alessandra

    ResponderExcluir
  3. Ontem a tarde eu fui assistir 2012 e fiquei pensando se aquilo tudo fosse verdade. Vi muita individualidade e luta pela sobrevivência. Quando cheguei em casa escrevi o texto. Obrigado pelos depoimentos.

    ResponderExcluir
  4. Perfeito e muito verdadeiro!
    Posso votar em você? Quando serão as eleições? Só uma brincadeira...rs.
    É sublime doar-se e fazer simplesmente tudo por amor. Mas o verdadeiro amor...aquele que não pede nada em troca, apenas quer ver as pessoas felizes.
    E então, voltamos a reflexão, que as nossas palavras e nossas atitudes refletem o que os nossos corações estão cheios.
    Mais uma vez, parabéns!
    Suas palavras são belas.
    Abraço.
    H.A.S.

    ResponderExcluir
  5. nossa! lindo Eliel! parabéns!

    ResponderExcluir

Obrigado. Fica com Deus.

Entre em contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Seguidores

Acreditar

Acreditar