Uno - Sétimo dia

19:01:00




No dia 12 de fevereiro nos encontramos pela sétima vez para jogarmos UNO. A hora do encontro foi às 22h e 30min. A sede desta vez era na minha casa. Antes de começarmos a jogar chegaram meus pais para dar um oi para o pessoal do campeonato.



Após breve confraternização entre os participantes fomos jogar UNO. Desta vez nos sentamos no chão. Logo redescobrimos que: “fazer posição de índio sentado doí as juntas”. Logo já estávamos querendo relaxar, esticar as pernas, deitar e se fosse possível até dormir. Embora o sono seja justificado, pois a rodada passou da meia-noite.



Dos doze participantes iniciais, onze continuam no game e estes estavam em casa para jogar e tentar alcançar a fama e a fortuna do cofre.



O jogo começou com a líder querendo continuar no seu posto, a fim de mais uma vez ganhar o destaque no blog e continuar firme na caminhada para a vitória final, que é ganhar o cobiçado título do UNO, em sua primeira versão.



A primeira rodada tivemos o Carlos ganhando. A segunda tivemos a Janaína faturando. E tivemos que escutar mais uma vez o chavão deles “Uh! Caramuru!



A quarta rodada foi faturada pela Dani, que há tempos foi a pioneira dos místicos toques na mesa, bem como das demais formas de amuleto e superstições para alcançar vitórias.



A quinta rodada o pessoal foi à loucura. O Gabriel ganhou e depois de muitas rodadas ele saiu do zero. O dia era místico, era o sétimo dia. O pano da mesa era verde, que é a cor da esperança. Será que o campeão despertou?



A sexta e última rodada foi faturada pelo Alessandro, que de perto segue a líder Giovanna.



É claro que tivemos penalizações, participantes que se renderam ao sono, choro na mesa e depois ao final tivemos a tradicional brincadeira de bola na rua. Mais uma vez jogamos queimada em plena madrugada.



Hoje tem mais UNO. Aliás daqui a pouco, já sinto no ar a ânsia do desejo por vitórias dos participantes.



A fim de buscar energias alguns participantes foram em um pesqueiro. Dois adultos e duas crianças. A intenção foi relaxar para estar em melhores condições para a guerra desta noite.



A sétima rodada mudou a classificação, mas não a liderança. Agora temos: Giovanna com 2647, Alessandro com 2419, Eliel com 1915, Yzadora com 1747, Dani com 1570, Carlos com 1419, Valdecir com 1134 (por enquanto eliminado), Marina com 1036, Janaína com 1025, Dona Antônia com 844, Gabriel com 250 e Lidiane com 0. Até daqui a pouco.

VOCÊ PODE GOSTAR TAMBÉM

0 comentários

Obrigado. Fica com Deus.

Entre em contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Seguidores

Acreditar

Acreditar