Mega-sena “versus” Voto

20:12:00


Na primeira há ilusão,
No segundo, resignação,
Na Mega há intenção,
No voto, direito/obrigação.

Na Mega, para o ganhador, há independência radical,
No voto, para o eleitor, submissão total,
Na mega, há sonho, que pode se tornar real,
No voto há proposição, um ideal.

Na Mega o apostador torce e padece,
No voto, o eleitor vota e esquece,
Na Mega, o ganhador, o prêmio merece,
No voto, o candidato, as vezes agradece.

Em dias de mega acumulada há loucura, cegueira,
No dia de votação, na rua há sujeira,
Na Mega há pequena chance, mas verdadeira,
No voto, quase sempre, só canseira.

Entre a mega-sena e o voto muitos optam pelo jogo de azar,
Através do voto, instrumento da democracia, podemos juntos lutar,
Na mega, com menos pessoas, desfrutar,
No voto, há uma utopia, de rapidamente tudo melhorar.

A mega é nova, um jogo colocado,
O voto foi conquistado,
E muitos tiveram a certeza que valeu a pena terem lutado,
Pela mega ninguém foi encarcerado.

Alguns encaram o voto com responsabilidade,
Outros como se fosse mera banalidade,
A verdade é que o voto foge da normalidade,
Nem tampouco há por ele afetividade.

Por outro lado a mega cativa,
Como se fosse uma diva,
Ela torna a pessoa emotiva,
Que só de pensar nas seis dezenas já se motiva.

Nos dias que correm,
Como sempre foi, muitas pessoas morrem,
A mega é mera passagem,
Mas o voto é caminho, basta coragem.

Pense nas pessoas que deram suas vidas por esse direito,
Honrem suas memórias com ações de efeito,
Mesmo sabendo que ninguém tem muito jeito,
Entre a mega e o voto, primeiro eleja, depois aposte e se torne perfeito.

VOCÊ PODE GOSTAR TAMBÉM

0 comentários

Obrigado. Fica com Deus.

Entre em contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Seguidores

Acreditar

Acreditar