Uma pausa, uma saudade e muitas certezas.

13:24:00



Obrigado, Deus. Muito obrigado, Deus. Hoje é o ato final de um espetáculo que há meses se iniciou. A cada minuto deste curso imortal, aprendemos muito sobre a vida, sobre nós mesmos e sobre o amor. Amor que com certeza move as ações deste professor, que, sendo um ator, no sentido mais respeitoso da palavra, fala e nos toca a alma.


Desce o pano, fecham-se as cortinas, morre o aceno e começa a entrar a saudade imorredoura. É momento de congratulação, confraternização e, sobretudo, de gratidão. Por isso, obrigado, Professor Mauro Pereira Vianna.


O senhor com certeza contribuiu muito para nossas reflexões e conseguiu fazer teus ensinamentos ecoarem em nossas mentes, nossos corações e nossas atitudes. Eu tenho certeza de que a tua experiência, a tua motivação e a força dos teus argumentos continuarão a produzir efeitos em nossas existências.


Obrigado, Nira, pela pontualidade da ajuda, pelo sorriso sempre pronto e pela hospitalidade desde o primeiro dia. Você é um anjo na vida do professor e com certeza também é uma amiga de grande estima para todos nós.


A vida é uma beleza misturada com a nostalgia das partidas. Quantos abraços nós recebemos? Quantos amigos nós fizemos nessa caminhada? Quantas vezes o chão nos foi tirado para outra vez ser entregue por outras mãos? Oh! Quantas saudades produzem nosso cérebro, ao recordar de rostos que ainda nos sorriem calorosamente, porém agora só em nossas mentes, pois já partiram do alcance das nossas visões.


Deus, este Ser Supremo, traçou nossos destinos para que neste ano de 2011 tivéssemos esta convivência agradável, harmônica e de aprendizado. As sextas-feiras foram de intensas emoções. As festas, a amizade após as aulas e a competição nos estimularam a sermos mais felizes.


A turma noturna, pela qual falo, calorosamente abraça o senhor neste momento, Professor, Doutor, Mestre e Amigo Mauro Pereira Vianna. Gostaríamos de ter condições para em palavras traduzir nosso afeto, apreço e demonstrar o quanto lhe somos gratos, por nos tratar como filhos e filhas.


Encerra-se a nossa fala e a cortina se fecha. A emoção está presente em cada coração, que atentamente ouviu a tua oratória. Quando estivermos fora do alcance da tua visão e as saudades, nossas e tua, crescerem dentro do nosso peito, vamos nos lembrar de que o amor encurta qualquer distância, e mesmo a morte, que, segundo Rui Barbosa, é a maior distância que a imaginação humana pode conceber, não impedirá a nossa lembrança de nos aproximarmos outras vezes.

Finalmente, desejamos que a tua saúde sempre esteja ótima, que os teus sonhos continuem se realizando, que o teu Natal seja de Paz e que o ano novo seja um bálsamo para tuas energias, para que continue abrindo as cortinas para novas plateias. Que Deus vos abençoe, bem como a todos aqueles que o senhor ama. Abençoe também a todos os seus alunos, deste ano e dos anos anteriores. Obrigado por cada instante. Com certeza seguiremos crendo que perseverar é o caminho para a plenitude da vida. Até a próxima oportunidade, e encaremos este instante como uma pausa, e não um Adeus. Até a formatura! Forte abraço.

VOCÊ PODE GOSTAR TAMBÉM

0 comentários

Obrigado. Fica com Deus.

Entre em contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Seguidores

Acreditar

Acreditar